Páginas

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Sobre a moda

    Sabe, eu gosto de moda. Adoro ver Gossip Girl, The Carrie Diaries e outros seriados sobre o assunto, fotos e páginas no Facebook que falam sobre isso. Admiro as pessoas que conseguem estar na moda com pouco,  ou que fazem a sua própria moda. Mas, a exemplo do primeiro seriado que eu citei ali, para estar  na moda é preciso ter dinheiro. E vamos concordar que isso é fato.
    Admito ser uma compradora compulsiva. Eu adooooooooooooooooooro comprar bolsas, roupas, sapatos, maquiagem e tudo o que deixa nós, mulheres, felizes. Só que ultimamente tenho me controlado. Não por vontade própria, mas por obrigação. Pagando a faculdade, que é beeeeeeeem carinha, o que sobra do meu lindo salário não me deixa comprar muita coisa não. E é difícil passar por uma loja e só olhar, sem levar nem uma única coisinha. Voltamos ao caso do dinheiro+moda. O que eu tive que fazer então? Me adaptar com o que eu já tenho. E não foi tão difícil...Tá, talvez um pouquinho. =)
    Como diria minha irmã mais nova, estou sendo "sustentável", reaproveitando tudo o que tenho, roupas que não usava há anos ou que só usei uma vez. E como eu não tenho um "estilo definido", está dando certo. Uso o que me deixa bem, e faço a combinação que acho legal. E assim vai indo.
    Enfim, me encanto com os fashionistas por aí, com quem sempre consegue estar na moda e com os estilosos de plantão. Só que cheguei a conclusão de que não se precisa seguir a risca a regra da moda. Dá para ser feliz e inovar com o que se tem no guarda-roupa. Mas, tem um detalhezinho: euzinha aqui não prometo que não cometerei algum ato de loucura e usarei o cartão de crédito para fazer umas comprinhas "necessárias" de vez em quando. Afinal, ninguém é de ferro.



Nenhum comentário:

Postar um comentário